Artigos e publicações

2009

 Sustainability Reporting and Companies Sustainable Innovation, GRI Learning Publications

 A redução de impactos sociais, econômicos e ambientais negativos não é solução para a construção de um futuro sustentável. Com ações mitigadoras podemos – e devemos – desacelerar a destruição, mas isso não ajuda a construir um novo modelo de negócios e de desenvolvimento sustentável. Como as empresas podem medir e reportar as atividades inovadoras no campo da sustentabilidade? Este é o tema desta publicação segundo a perspectiva da Global Reporting Initiative e alguns líderes de opinião. Em inglês.

 

High-impact Sectors: the Challenge of Reporting on Climate Change, ACCA-GRI publication – COP15 event

A publicação analisa se e como empresas de 20 setores considerados os mais críticos para a destruição do clima do planeta têm publicado informações conectando suas atividades com os impactos climáticos que suas atividades provocam nos últimos cinco anos. A publicação foi desenvolvida por uma equipe formada de pessoas de diferentes organizações. O capitulo dedicado aos BRIC-SA (Brasil, Rússia, Índia, China – África do Sul) foi desenvolvido pela autora e sua equipe, por ocasião da COP15 em Copenhagen Dezembro 2009. Em inglês.

 

Der Nachahltigkeitbericht – Los get’s!, Ludwigsburger Symposium. Bildungsmanagement: Wert und Werte im Bildungsmanagement, Dokumentationsbandes

O artigo foi escrito pela autora como resumo da apresentação realizada no evento alemão direcionado para a rede de profissionais que define o currículo das escolas técnicas naquele país. O texto trata do desafio de formar profissionais que entendam os desafios da sustentabilidade no cotidiano de suas profissões. Em alemão e inglês.

 

Let’s Report! Step-by-step Guidance to Prepare a Basic GRI Sustainability Report, GRI Learning Publications

A publicação foi desenvolvida para guiar empresas de pequeno porte ou iniciantes a preparar um relatório de sustentabilidade GRI (nível C). A publicação é utilizada em diversos países para treinamento de profissionais que coordenarão processo de preparação de relatórios das empresas. Em inglês e outros idiomas, também em português.

 

Relatórios de Sustentabilidade – As diretrizes GRI, Revista Ética nos Negócios, Nº 1

O artigo apresenta a preparação de relatórios de sustentabilidade como ferramenta indispensável para o gestor da atualidade e do futuro, ao mesmo tempo chama atenção para a inesperada vantagem técnica que o Brasil tem em relação à maioria dos países, uma vez que conta com um número expressivo de profissionais experientes nessa área e também com organizações preparadas para oferecer treinamento especializado no tema. Em português.

 

2008

GRI Sustainability Reporting: How Valuable Is the Journey?, GRI Learning Publications

A publicação apresenta uma coleção de testemunhos de profissionais empresariais – altos executivos e outros – que estiveram envolvidos no desenvolvimento de relatórios de sustentabilidade em suas empresas. A publicação revela as razões pelas quais as empresas iniciam o processo de relatório e quais os valores que encontram durante e depois do processo, segundo a opinião dos envolvidos. Em inglês e outros idiomas, inclusive português.

 

Common Language for a Common Future, GRI Learning Publications

A publicação apresenta uma imagem da atual situação dos temas críticos da sustentabilidade, como distribuição de recursos naturais e desenvolvimento social, por meio de uma coletânea de dados e uma lista de referências onde podem ser encontrados. Oferece ainda uma visão evolutiva histórica do conceito da sustentabilidade e da transparência, desde a década de 50. Em inglês e outros idiomas, inclusive português.

 

2007

The GRI Sustainability Reporting Cycle: a Step-By-Step Guide for Small and Not So Small Organizations, GRI Learning Publications, 2007

Esta publicação foi um marco na preparação de relatórios GRI, pois foi a primeira a apresentar as diretrizes GRI G3 de forma didática. Em cinco passos, o processo de preparação de relatório GRI é mostrado de maneira bastante simples. Em inglês, português e vários outros idiomas

 

Práticas para o Desenvolvimento Sustentável, in Educação Ambiental e Conservação da Biodiversidade, Editora Manole, 2007

O capítulo trata do papel das empresas na construção de um futuro sustentável e da inclusão da sustentabilidade na gestão da empresa Natura Cosméticos. Em português.

 

2004-2005

Como construir um mundo melhor através do seu voto, Publicações Natura, 2004 e 2005

Publicação voltada para o público interno da Natura desenvolvida sob coordenação e supervisão da autora. Trata do voto como instrumento para a construção do futuro de todos nós. Em português.

 

2001-2003

Indicadores Ethos e Ethos Guidelines para Relatório Sociais, 2002 e 2003

Criando Valor – O Business Case para Sustentabilidade em Mercados Emergentes, em colaboração com o IFC e o SustainAbility, 2003

 Perfil Social, Racial e de Gênero das Diretorias das Grandes Empresas Brasileiras – 2002

 Responsabilidade Social das Empresas – Percepção do Consumidor Brasileiro- 2002, em colaboração como o Instituto Akatu

 Desenvolvimento Sustentável e Agenda 21: Guia para Sociedade Civil, Municípios e Empresas – 2002, em colaboração com a Fundação Konrad Adenauer

 Brochuras como Responsabilidade Social das Empresas no Processo Eleitoral, Balanço Social para Jornalistas, Indicadores Ethos para Jornalistas – 2002

 Manuais Ethos como Como as Empresas Podem Investir na Saúde da Mulher e O Que as Empresas Podem Fazer pela Inclusão das Pessoas com Deficiência – 2001

Para mais informações sobre as contribuições para as publicações do Instituto Ethos, clique aqui.

regularbomótimo (ainda não votado)
Loading ... Loading ...